roteiro mapa de palco croquis imagens tecnologia animação

Gottfried Willhelm Leibniz

Partindo de conceitos primordiais na formação do racional ocidental, a ópera "Leibniz" pretende comentar artisticamente as relações primitivas entre arte e ciência num momento da história onde a estes elementos se mesclavam conceitos metafísicos. O pensador alemão do sec. XVII Gottfried Wilhelm Leibniz encarna de forma perfeita estes objetivos : pensador, filósofo, embaixador, matemático, astrônomo, místico e visionário. Suas contribuições vão desde discussões humanistas sobre a filosofia de Descartes, até a invenção do cálculo diferencial, passando por ações diplomáticas para a reunificação entre protestantes e católicos. Em 1675, servindo como embaixador na corte de Luís XIV - o Rei Sol, escreveu um texto recém descoberto. Nele sonha com um evento permanente - 'as representações' - onde cosmologia, arte, circo, teatro, pintura, botânica, artes marciais, etc., ou todas conquistas da imaginação humana - fossem reunidas em espetáculos para o grande público ao ar livre ou para pequenos grupos. Estas representações teriam como objetivo o alargamento do horizonte imaginativo/perceptivo dos espectadores, além de proporcionar uma forma de renda para os artistas, cientistas e todos os criadores de novas propostas.